0

0

Leishmaniose

Infelizmente a doença chegou…
Mas, precisamos ter muita cautela na forma como vamos encarar mais esta provação para nossos patudos.
Em primeiro lugar, evitar a histeria coletiva que leva ao abandono. O CÃO NÃO TRASMITE A DOENÇA DIRETAMENTE. Ele é apenas um reservatório como as pessoas são. Quem transmite é o mosquito. Existem formas de prevenção, como as coleiras e vacinas. Então pelo amor de Deus não vamos começar a abandonar os animais por medo e ignorância. Pior ainda para as pessoas é uma grande população de animais nas ruas sem controle e monitoramento. E, existe sim tratamento para os animais. A EUTANÁSIA NÃO É A ÚNICA SOLUÇÃO. É indicada para casos adiantados e em animais que não tem como serem tratados. Se matar fosse a solução já teriam erradicado a doença. Então, antes de qualquer coisa, precisamos de campanhas informativas para a comindade. E está mais do que na hora de as autoridades agirem de forma preventiva! Porque não são distribuídas coleiras? Porque não ha campanhas de vacinação? Porque a atitude mais comum é monitorar e sacrificar animais? Chega né? Vamos exigir ações próativas e não apenas paliativas!
LEIA, INFORME-SE, AJUDE A INFORMAR! Não vamos crucificar os cães. Eles são tão vítimas como todos nós!
http://www.diariodoiguacu.com.br/noticias/detalhes/caso-de-leishmaniose-canina–confirmado-em-chapec-36606?platform=hootsuite

nossos parceiros